Top 5: “lixão” provisório de Curitiba e região por J R Tosco

Sim, sim, vocês não estão delirando. Por mais incrível que isso possa parecer este é um post sobre ecologia sim. Não que eu ligue muito pra esse tipo de coisa, afinal, quem liga não é mesmo? Sou uma pessoa razoavelmente disposta até a colaborar com a preservação do planeta. Mas como não vejo muita gente assim por ai, nem ligo muito. Compartilho da opinião de que a única maneira de salvar o planeta Terra é buscar uma imagem do mesmo no Google e salvar no seu desktop como imagem.jpg. O que me fez escrever este post é a preocupação frente ao possível fechamento do aterro da Caximba. Pra quem não sabe, é para lá que vão os resíduos dos moradores de Curitiba e de mais 16 municípios da região metropolitana. Um consórcio formado pelas prefeituras destes municípios e o órgão ambiental competente discutem soluções para este problema há algum tempo já, mas como é de costume nas instituições públicas brasileiras, não resolveram nada até agora. O problema é que parece que estes mesmos órgãos vão fechar o aterro até julho de 2009. Daí vem a pergunta: e o que que eu faço com essa porra aqui em casa? Sim, porque eu não posso parar de gerar lixo só porque eles querem. Pensando nisso, resolvi ajudar com algumas sugestões de lugares onde podemos jogar nosso lixo,‘provisoriamente”, é claro. Quem sabe assim, os funcionários públicos destes orgãos, pagos por nós, e o senhor prefeito “Fica Beto” Richa resolvem trabalhar e pensar em uma solução inteligente para este que é um dos maiores problemas da “capital ecológica e sustentável” no momento. Sem mais apresentações, aqui está o top 5 “lixão” provisório de Curitiba e região:

– Praça Miguel Couto – a popular “praçinha do Batel”, lembram? Onde a prefeitura acabou partindo ao meio a praça sob protestos dos distintos moradores da região. Sim, ela pode ser uma opção, afinal, tanto a prefeitura quanto os moradores tem ai a oportunidade de mostrar que realmente amam Curitiba e a droga da praça. Tenho certeza que os moradores não irão se incomodar com o possível mal cheiro, assim como os moradores das regiões próximas ao antigo aterro não se incomodam nem um pouco com aquilo lá. Para a prefeitura, é a chance de justificar a divisão da praça, afinal esta mudança facilitaria o fluxo do trânsito constante dos caminhões transportando os resíduos.

– Park Shopping Barigui – a área deste shopping é na minha opinião ideal para este propósito, principalmente o grande estacionamento que o shopping possui. Alem do mais, o shopping fica relativamente distante do centro da cidade, sendo assim, não incomodará muita gente. Quanto aos freqüentadores, assim como no caso da praça, acredito que como pessoas compreensíveis e cientes do seu papel na sociedade, saberão entender e relevar algum incômodo que possa aparecer devido ao acumulo destes resíduos.

– Sedes das prefeituras municipais – esta é a solução mais logisticamente dinâmica de todas. Sim, cada município que jogue seu lixo em seu próprio “espaço público propício” e pronto. É aquele negócio, “cada um na sua, mas com alguma coisa em comum”.

– Estádios de futebol – como todo mundo sabe, estádios de futebol são lugares amplos e com uma grande capacidade física, então não vejo motivo para deixá-los de fora deste mutirão ecológico. Os jogos previstos no calendário esportivo da nossa capital podem muito bem serem disputados em apenas um estádio, assim, os demais estariam disponíveis para realmente ter alguma utilidade relevante. Novamente é de se esperar a compreensão das pessoas que se utilizam destes espaços, os torcedores. Mas acredito não haver problema ai, pois sabemos que torcedores de futebol são pessoas compreensíveis, distintas e civilizadíssimas.

– Pedreira Paulo Leminski – dadas as diversas restrições que este espaço público tem sofrido, e o fato incontestável de que somente “alguns” shows podem ser realizados lá, a pedreira pode muito bem receber por algum tempo nossos resíduos. Tendo em vista que já recebeu coisas bem piores, como festivais sertanejos, Ivete Sangalo, Black Eyed Peas, grupo Lanteri e outros, a pedreira possui um enorme espaço aberto, o que serviria muito bem ao propósito de servir como lixão provisório.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under listas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s