O mundo está mais seguro? … Por Murilo, o Profeta!

De dentro do ônibus, passando em frente a uma revistaria, avisto o que seria a capa da revista Isto é! desta semana; se não me engano nela continha uma foto de São Bin Laden e a seguinte pergunta “O mundo está mais seguro?” – ou era uma afirmação, dizendo que de fato o mundo esta mais seguro. Não lembro direito, passei muito rápido por lá! Mas o fato é que eu me coloquei a pergunta e passei os últimos 20 min de viagem até o Abranches pensando numa resposta, a qual posto aqui e agora no melhor estilo Gil Gomes de jornalismo interpretativo-teatral.

Pois bem, a resposta é: Não! Você deve estar pensando: “Esse idiota levou 20 min pensando para dizer ‘não!’?” então eu continuo… Não só o mundo não esta mais seguro como esta consideravelmente menos seguro e mais instável. “Mas como, se mataram o líder da maior e mais ‘pauzuda’ organização terrorista do mundo?” Explico. Como diria o saudoso Jack, vamos por partes: primeiro a operação deixou mais dúvidas do que certezas, o que acabou por, paradoxalmente, desenterrar Bin Laden. Cadê – de verdade – as provas da morte? O governo supostamente aliado do Paquistão acobertava Bin Laden? Como os texanos descobriram onde estava o barbudo? Quantos Seals são necessários para trocar uma lámpada? Pois bem, deixando a metafísica de lado, todos nós conhecemos bem o complexo de heroísmo dos texanos, e todos sabemos muito bem também que todo heroi precisa de um vilão; “morto” o ‘Binba’ Laden, quem será o próximo vilão? Talvez seja só uma incrível coincidência mas, muito recentemente, o mesmo instituto que viu armas de destruição em massa no Iraque gerando um relatório que serviu de justificativa para a invasão do País, agora acaba de lançar um relatório dizendo que viu uma relação estrita quase carnal entre o governo venezuelano do ditador eleito pelo povo Hugo Chávez e as F.A.R.C (forças armadas revolucionárias da Colômbia), grupo classificado como terrorista pelo governo texano. ( Aliás, fiquei sabendo por fontes confiáveis que tenho em comum com Julian Assange, que o próximo relatório desse instituto pretende provar que viu Papai Noel traficando armas para Nárnia, e arrisco dizer que esse reino deverá ser invadido nas próximas décadas.) E em terceiro e último lugar, há o perigo de nem se cogitar uma punição ao governo texano pela ação, isso é, um país entra no território de um aliado, desfere uma ação militar que culmina com a morte de várias pessoas, sai com o corpo de uma delas, o joga no mar, e não dá nenhuma satisfação para o governo local e nem para ninguém. Eu não entendo nada de direito internacional mas acredito que deva ter algo de muito errado nisso tudo; e se não gerar uma reação da comunidade internacional, e possivelmente uma punição aos EUA, isso poderá servir de jusrisprudência/desculpa para quem quiser fazer o mesmo se sentir a vontade. Imaginemos, por exemplo, se no caso Cesare Battisti, se a Itália decide enviar um comando ao território brasileiro para sequestrar Battisti e levá-lo para ser punido na Itália, como esta ação seria vista por nós brasileiros? Talvez como um ato de guerra. E aí vem a reação empática de Noam Chomsky: “Poderíamos perguntar a nós mesmos como reagiríamos se um comando iraquiano pousasse de surpresa na mansão de George W. Bush, o assassinasse e, em seguida, atirasse seu corpo no Oceano Atlântico.” E veja bem, teríamos de ser bem mais compreensivos com os iraquianos, afinal de contas os Bush mataram muito mais gente do que o Bin Laden, e de formas muito mais cruéis.

Acredito que a questão se a morte do chefe da mais perigosa organização terrorista do planeta deixa o mundo mais seguro, só poderá ser respondida, por uma exigência lógica, após a morte do mesmo, o presidente dos Estado Unidos da América. Enquanto esperamos ansiosos, deixo vocês com a prova de que Bin Laden não morreu.

Obs.: Hiperlink – com o saco cheio para fazer várias notas de rodapé explicativas resolvi fazer hiperlinks, é só clicar sobre as palavrinhas de cor diferente e um mundo novo se abrirá diante de seus olhos!

Anúncios

14 comentários

Filed under Filosofia de Butéco (Botéco), opinião

14 responses to “O mundo está mais seguro? … Por Murilo, o Profeta!

  1. O terrorismo tem como desvantagem para ser combatido o fato de não ter um territória a ser ocupado, não tem um governo a ser constituído, é só uma estrutura de ódio e nenhum compromisso com qualquer instituição. A morte de Bin Laden é um marco para o ocidente. Um marco de vingança, sangue e assassinato. Se há justificativas ou não é uma questão, mas é indiscutível que foi um assassinato, uma execução cometida por um governo em nome de toda a sua nação. E se virar festa? Hugo Chavez que se cuide.

  2. tuliorox

    Bom, fica clarevidente que o mundo não ficará mais seguro com a suposta morte do Mr. Bin Laden ^^

    _______________________________
    Se puder retribuir:
    http://entendaque.blogspot.com

  3. Pow, mata o bin laden e provoca uns 50 atentados a mais. Bunito isso

  4. Na realidade o mundo nunca esteve seguro, a diferença é que temos bastante mídia para divulgar as atrocidades mundo afora, coisa que não se tinha antigamente, por isso parecia que o mundo era mais seguro, por não ter tantos meios para se divulgar a violência.

  5. João da Silva - PE (Recife)

    …as pessoas não tem capacidade de pensar e confundem todas as esferas. Aqui, comete-se vários assassinatos de pensamento, e esse é o problema de qualquer um poder escrever em blog. Se tem opinião de segunda, como foi demonstrado, não tente levar a sério. Além do mais, parece que tenta ter opinião de primeira, mas sem ter a coragem de entrar numa discussão séria, e coloca isso para tirar o * da reta.

    Concordo Em Partes Com O Ogro Da Silva,

    – que está certo que é uma luta diferente: um “estado constituído” x terrorismo sem objetivos.
    – que está errado quanto ao assassinato. Assassino é outra coisa. Isso foi operação de guerra. Então, proíbamos todas as guerras futuras. E condenemos todos os povos que invadiram outros povos, por exemplo, para matar um líder específico. As pessoas tem ignorância histórica tremenda!!!

    No fundo, Bin Laden é um podre. Ainda querem defender um porco desses, de todos os lados. E no fundo, o mundo globalizado engole diariamente todas essas porcarias, e todas as porcarias de todas as “nações”.

    A civilização avançará, e não há saída.

    Esse papo ideológico já cansou! Por via diversa, esse blog é só mais um blog ideológico. Se quer ser ideológico, entre para um partido! IDEOLOGIA BARATA E FALSIFICADA!!!

    • opiniaodesegunda

      Quais “assassinatos de pensamento” mais específicamente? Porque chegar aqui fazendo afirmações soltas no ar não significa nada e nem demonstra nenhum pensamento também!

      O fato de as vezes usarmos de humor para tratar com os temas não significa que não se deve levar a sério; a comédia pode muito bem dizer a verdade, ou ainda, o cômico tem o poder de romper com o normal e fazer as pessoas pensarem… o cômico é sempre uma quebra de linearidade… e eu digo isso na esteira de autores como Aristóteles e Bergson, talvez vc nunca tenha ouvido falar deles, mas acredite, eles são bastante importantes para o pensamento ocidental!

      Um ateu, como eu, jamais defenderia um radical religioso, e se o chamo de santo é só para irritar quem acha ele um podre porque o jornal diz que ele é! O que é feito aqui não é jornalismo!! Por isso, obrigado pelo comentário…

      IDEOLOGIA??? Tudo o que foi feito neste texto foi tentar defender a tese de que o mundo esta menos seguro com a morte do Bin Laden. Em nenhum momento eu tentei justificar uma ação ou algum modelo de conduta, ou de governo, ou qualquer coisa do tipo! Aliás, quem esta tentando justificar a ação americana classificando-a como uma legitima ação de guerra, é vc. Talvez vc esteja defendendo uma ideologia e não saiba… que aliás é o padrão do cidadão comum de hoje… não é culpa sua! “Você não sabe o que faz!”

      Não se entra e sai da casa de um amigo sem o avisar, é o que o bom senso diz! Assim também, não se entra num território aliado, desfere uma ação militar, executa sumariamente qualquer um, e sai sem prestar satisfações; isso é traição e ofensa à soberania de um país! Sem contar que é um passo para transformar um aliado em inimigo, e acredite, o mundo ficaria bem menos seguro se o quinto maior exercito do mundo, nuclearmente equipado, se tornasse inimigo do ocidente, como é o caso do Paquistão!

      Que a civilização avançará, não há dúvida, a questão é em que direção… um precipício, talvez?

      Críticas são extremamente bem vindas, desde que sejam racionais, e não meras montanhas de palavras.

      Agora, meu nobre João da Silva, se vc tem algum problema com o fato de que qualquer um pode escrever para um blog, não leia blogs, leia a Veja! Lá vc vai se sentir em casa!

      Muito obrigado pelo comentário, e até a próxima!

  6. Preciso concordar com o Antenado. O mundo não é um lugar mais seguro, o mundo nunca é um lugar seguro.

    Quanto a essa guerra, há muita coisa condenável e principalmente – muito discurso vazio. Acho que respeitaria mais a posicão dos EUA se eles não se passassem tanto tempo tentando convencer o mundo de que estão apenas lutando pelo bem de todos e felicidade geral do planeta.

    Abraços,
    Lílian Buzzetto do Mulherices.
    [De um pulinho lá se puder!]

  7. Não acho que o mundo esteja mais seguro, mas também não acho que algum dia já esteve. Pelo menos não com HUMANOS por aí. O lado bom é que agora tem uma conspiração nova pra gente comentar. Sem falar, como meu amigo nerd lembrou, do melhor Call Of Duty de todos!

  8. fábio420

    a CIA conseguiu encontrar Sadan dentro de um buraco – um túnel que levaria a uma pirâmide que não fazia parte das informações de arqueólogos contemporâneos (ninguém conhecia) em poucos dias, mas para o USAma bin laden foram só 10 anos, haha….

    estima-se um gasto (por baixo) de até US $ 100 milhões para cada Talibã morto. Piada?
    esse é o calculo feito pelos especialistas em estratégias em guerrilha.

    O número de talibãs no Afeganistão hoje, segundo números do Pentágono: 35.000 homens
    Dois mil Talibãs morrem todos os anos pelas tropas de coalizão
    Custo da guerra no Afeganistão, segundo o Pentágono, em 2010: US $ 100 bilhões
    Custos indiretos para a guerra no Afeganistão de 2010, segundo o Pentágono: US $ 100 bilhões

    se você dividir os 200 bilhões de dólares por 2.000 talibãs mortos somente em 2010, então todos esses Talibãs custaram aos cofres públicos dos Americanos algo em torno de 100 milhões de dólares nesse ano.

    e a morte dele justifica os gastos públicos e outros que justifiquem a defesa mundial de perigosos seres que desejam desestabilizar a paz global…

    • opiniaodesegunda

      eu me perdi um pouco com sua matemática Fábio, mas acho que o Michael Moore a sintetizou bem: “Depois de dez anos, duas guerras, 919.967 mortes e 1,188 trilhão de dólares, conseguimos matar uma pessoa”…

  9. Passa lá no meu blog, tem um selo pra ti lá.
    Excelente quarta pra ti!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s